Charr

“Com o rugido das engrenagens e o trovão de armas, nós tiramos cada dia dos dentes da vida”.

Os felinos charr de Tyria são uma raça vitoriosa desafiada pelo seu próprio sucesso. Eles sobreviveram à derrota, opressão e guerra civil. Eles voltaram, reconquistaram e reconstruíram em suas terras originais. Sua poderosa fortaleza, a Black Citadel, domina as ruínas próximas a antiga cidade humana de Rin, e sua tecnologia não-magica é a mais avançada na região. Porém apesar de seu sucesso, eles são desafiados por divisões em sua população, o poder dos Elder Dragons, e os fantasmas de suas próprias vitorias.

Está, então, é sua história.

 

Historia

Os charr fizeram as terras abertas a leste dos Shiverpeaks seu lar por muitos anos antes da chegada dos humanos. Depois de expulsos da área agora conhecida como Ascalon, eles se dedicaram por anos a uma guerra contra os humanos, apenas para ter seus esforços bloqueados pelo poder dos deuses humanos e sua tecnologia. Mas, eles a cercaram e eventualmente invadiram a nação humana. A distante Kryta resistiu seus esforços, mas tanto Orr e Ascalon preferiram autodestruição a serem derrotados pelos charr.

Os charr pagaram um preço alto por seu sucesso; as antigas Grandes Legiões – Ash, Blood e Iron (cinzas, sangue e aço) – foram postas sobre comando da Flame Legion (legião do fogo), que pesquisava magias proibidas e cultuavam as trevas, os deuses falsos. A Flame Legion também rebaixaram as charr fêmeas, que possuíam o mesmo status dos machos. Com o decorrer a da guerra, cada sucesso era atribuído à cruzada da Flame Legion, enquanto cada falha era usada como desculpa para os outros se sacrificarem pelo bem dos xamãs da Flame Legion.

No fim, os charr capturaram de fato Ascalon, mas seu rei enlouquecido escolheu invocar sua própria magia negra, o Foefire, que retirou as almas de seu povo de seus corpos e os deixou para sempre guardar suas terras como fantasmas. A Flame Legion venceu a batalha, mas a vitória condenou os charr a uma luta eterna.

As fêmeas dos charr desafiaram a regra imposta pela Flame Legion, reunindo facções rebeldes das outras legiões dos charr. A Iron, Blood e Ashes Legions juntaram-se a revolta quando a líder dos rebeldes, Kalla Scorchrazor, ganhou o apoio do imperador da Iron Legion. Juntos, eles desmantelaram os xamãs da Flame Legion e readquiriram o controle sobre o destino dos charr. A Iron Legion, por sua parte na revolta, ficou com o controle de Ascalon.

Desde então, os charr lutaram em muitos frontes. Um eterno e morto-vivo adversário os ataca para reconquistar Ascalon. A Flame Legion está em pedaços, mas não terminada; esquematiza para tomar o controle novamente. Os humanos continuam a lutar na distante fortaleza de Ebonhawke. E recentemente, o Elder Dragon Kralkatorrik marcou Ascalon com o grande Dragonbrand. Apesar destes desafios, os charr permanecem uma potente força a leste dos Shiverpeaks e senhores de Ascalon.

 

A Black Citadel

Após a derrota da Flame Legion, a Iron Legion ganhou controle sobre o reino conquistado de Ascalon das outras vitoriosas legiões. Eles construíram sua principal cidade-fortaleza, a Black Cidadel, nas ruínas humanas de Rin. Os destroços da cidade destruída ainda podem ser vistos entre as fundações da citadel. Enquanto a Iron Legion está oficialmente no comando, a Blood e Ashes Legions possuem uma grande presença na cidade.

Como a Iron Legion é a mais avançada tecnologicamente das legiões, sua cidade é uma grande fundição e centro industrial. A Black Citadel é controlada pela grande Imperator’s Core (núcleo do imperador), uma grande estrutura esférica em que funciona o quartel das três grandes legiões, os escritórios dos tribunais, o concelho de guerra, onde as legiões se encontram para discutir estratégias. O Imperador da Iron Legion, Smodur the Unflinching, controla tudo isso e coordena os charr em Ascalon com os olhos de um veterano.

 

 

Um meio ambiente rico e objetivo

Os charr enfrentam muitos desafios. Apesar de controlarem Ascalon, este controle não é tão certo ou forte quando eles gostariam. O Foefire, chamado pelo ultimo rei humano de Ascalon, infestou os antigos territórios humanos com fantasmas que continuam a ver os charr como invasores que devem ser removidos de seu território.

A Flame Legion sobreviveu, mas recuou para suas bases ao norte. De lá, eles continuam seu ataque contra as outras legiões, procurando tomar a liderança e tomar o controle de todos os charr.

Mesmo assim o maior e mais iminente perigo foi o que dragão Kralkatorrik trouxe. Assim que liberado de seu sono profundo, o dragão voou para o sul, sua mera presença corrompeu e transformou o território pelo qual passava. A terra maldita divide o leste de Ascalon e serve de campo de batalha continuo contra os cervos do dragão com os charr. A passagem de Kralkatorrik teve outro efeito também: ogros vieram das Blazeridge Mountains ao leste e procuram se estabelecer nestas novas terras.

Os humanos também sobreviveram, mantendo sua posição em Ebonhawke, onde suporte de Kryta e asura gates mantiveram a cidade em pé por uma centena de anos de ataques. Agora confrontando o poder de um Elder Dragon, as três legiões prefiriram negociar com os humanos ao invés de combatê-los. As negociações resultaram em um acordo de trégua provisória, e humanos agora são permitidos até mesmo na Black Citadel. Porém, serão necessárias muitas gerações até que as grandes guerras sejam esquecidas.

 

 

O trunfo dos Charr

Apesar de todos os desafios enfrentados pelos charr, eles prosperaram em Ascalon. Os grandes fragmentos do Searing agora estão cercados com grama e jovens árvores; as colinas do antigo reino, já distorcidas e destruídas pelos engenhos da guerra, agora estão cobertas de grama e são usadas para criação de animais para alimentar as legiões.

Graças a sua longa história de conflitos, os charr são a raça mais desenvolvidos militarmente e tecnologicamente em toda Tyria. Seus rifles e pistolas estão entre os mais bem feitos, e sua tecnologia em forja é superior até mesmo a antiga e lendária usada pelos dwarves.  Artesões individuais podem produzir armas melhores, mas quando se trata em produção em massa, ninguém supera o arsenal dos charr. Porém, nem todas suas criações são relacionados a guerra – eles também criam os melhores relógios e objetos movidos a engrenagens em Tyria.

Com a rígida fundação de seus exércitos e sua incrível eficiência com liderança, os charr encaram seus inimigos  como se sempre tivessem os enfrentado: unidos em propósito. Eles sobreviveram a problemas internos e ameaças externas, recapturaram suas antigas terras, e agora encaram o mundo como uma das mais poderosas e mais energizadas raças de Tyria.

 

 

 

Videos:

O território dos charr

As catacumbas de Ascalon (resumo do comflito com os humanos)

Um tour por Black Citadel

Exemplo de Personal Story dos charr

Criação de personagem: charr fêmea

Criação de personagem: charr macho

Elite Skills Raciais dos charr

 

Screenshots:

 

EmaildiHITTTumblrFacebookOrkutGoogle GmailGoogle ReaderWordPressShare