Dungeons em Guild Wars 2

Bom pessoal, aqui vai meio que um guia para quem está sofrendo com as dungeons do jogo, assim como algumas dicas. Primeiramente vamos falar sobre a falta da trindade no jogo. O que isso muda no setup de grupos para dungeon. A ausência da trindade muda muito o modo como as dungeons ocorrem, cada encontro você tem que pensar e fazer alguma estratégia diferente com seu grupo.

Elas parecem mais complicadas para novos jogadores, dando wipes e resetando HP dos monstros muitas vezes. Porém depois de se acostumar com elas você vê que não é sempre difícil, você só precisa entender cada encontro e ter uma sinergia com o grupo.

Ausência de trindade

Só para deixar bem claro, não faz diferença as profissões em uma party. Se você fizer uma party de 5 Thiefs e todos souberem o que fazer, poderá se sair tão bem ou melhor que uma party mista. Já fiz várias partys de 5 players com apenas duas profissões. Levamos o mesmo tempo em uma Run de dungeon explorable que levei com partys mistas. Se você ver alguém pedindo por uma profissão específica, por favor ignore. O importante é saber jogar com sua profissão.

Essa ausência da trindade faz com que cada jogador tenha uma responsabilidade maior e igual a todos outros membros de modo geral, um membro é tão importante quanto outro, enquanto em dungeons de jogos com trindade o tank e o heal são as pessoas que “levam” a dungeon. O tank e o healer jogam enquanto os outros membros ficam esperando as skills saírem de cooldown, quando o tank ou healer morre a party dá wipe e a culpa é sempre de um dos dois. No GW2 isso é diferente.

Isso significa que todos membros importam e todos, apesar de não existir a trindade, podem exercer um papel. Além disso, todos devem prestar atenção e jogar.

Os problemas mais comuns encontrados na primeira vez que alguém vai em uma dungeon são os wipes constantes e mortes por um hit só. Mas por que eles ocorrem?
Basicamente, se você está fazendo pela primeira vez uma dungeon no GW2 (provavelmente está no level 30 e indo fazer Ascalon Catacombs), você ainda não se acostumou com o sistema, que é bem diferente, está usando equipamentos de level 1x~2x e não possui sigils/runes. É importante notar que os equipamentos não fazem grande diferença, mas podem ajudar bastante, principalmente se você estive usando equipamentos vários leveis abaixo.
O fato de não existir tank/heal, não quer dizer que não possam existir papéis para cada membro do grupo, mas isso depende muito do setup de cada grupo.

Control, conditions e boons

Uma das coisas mais importantes de se levantar para sucesso de uma dungeon sem muitos problemas são os Crowd Controls. O GW2 dá a todas profissões várias skills de CC que são essenciais em uma dungeon. Vamos ver alguns exemplos de CC  que são essenciais para dungeons:
Knock down: Derruba o inimigo
Blind: O inimigo erra o próximo ataque
Weakness : 50% de chance dos ataques do inimigo serem Glancing Blows, ou seja, tirarem 50% de dano a menos. (um inimigo que bate 3k tem 50% de chance de tirar 1,5k) – não subestime Weakness como muitos fazem.
Stun: paralisa o inimigo e bloqueia o uso de skills.
Daze: previne o uso de skills e interrompe o alvo.
Immobilize: Imobiliza o inimigo.
Chill: reduz a velocidade de movimento e tempo de ativação das skills em 66%.

Ou seja, uma lista com quase todas conditions que não dão dano.

É essencial o uso de pelo menos algumas skills que possuam CCs porque isso reduz muito os riscos de morte de toda party, por exemplo, se você está com 3k de HP e o inimigo bate 4k (o que é normal em dungeons 70+), caso não tenha energy pra Dodge e não acerte o dodge, você irá acabar downed, a não ser que você ou algum membro do grupo possua blind. Blind é uma condition muito poderosa em dungeons. Como os inimigos batem muito, o objetivo é levar menos hits possíveis e reduzir o dano do inimigo o máximo possível.

Boons não são menos importantes, principalmente Protection (reduz 33% do dano) e Regen (recupera HP durante o período). Com o mesmo exemplo acima, caso você estivesse buffado com Protection levaria menos de 3k, não morrendo. Em algumas dungeons também é interessante levar skills para remover conditions, principalmente Burning e Poison. Apesar de Bleed também ser perigoso, em dungeons geralmente os monstros não criam grandes stacks.

Mas é difícil que um jogador sozinho consiga aplicar e manter todas essas conditions. Por isso é extremamente importante o trabalho em grupo nas dungeons. Não é uma questão de ter dano suficiente para matar o monstro antes de toda party estar morta, e sim que todos membros possuam skills para sobrevivência, suporte e controle.

Entender o inimigo

Outro fator tão importante quanto cada membro saber que deve levar skills de control é entender cada inimigo.

No GW2 cada encontro é único. Cada inimigo utiliza skills diferentes. Esse é um dos maiores causadores de wipes. Não entender o inimigo é um problema, que muitas vezes faz partys resetarem por vários minutos no mesmo encontro. É essencial entender cada inimigo e boss no jogo, descobrir o que eles fazem e como os jogadores podem fazer para não morrer.

Vamos a um exemplo de boss que me causou problema na primeira vez que todos membros do grupo fizeram a dungeon Twilight Arbor story mode.

O segundo boss da dungeon TA deu wipe em minha party umas duas vezes. Ele sumona aranhas que explodem e se tornam uma cortina de poison, causando um dano massivo em área. Na primeira vez simplesmente não sabíamos o que iria acontecer. É importante na primeira vez prestar atenção no confronto para ver o que o boss faz. Logo de cara a party deu wipe, todos membros morreram porque não sabíamos o que acontecia com as aranhas, tentamos matar elas mas ele continuava sumonando-as. Na segunda vez atacamos somente o boss com skills de área para tentar matar também as aranhas. Na terceira vez já tínhamos entendido que as aranhas nunca paravam de dar spawn, e não podíamos deixar a nuvem de poison explodir perto de nós. Por fim, focamos no boss, todos com armas ranged correndo separadamente, assim as aranhas se dividiam e quando elas explodiam conseguíamos dar dodge sem cair em outra nuvem. Basicamente a chave desse combate era não ficar parado, evitar as aranhas e focar no boss.

Combo Fields

Outra coisa que muitas vezes é esquecida, mas é extremamente importante: Combo Fields. Ainda estão sendo subestimados no GW2. Eles tem grande potencial, é bom você saber quais combo fields você pode fazer e se possível sempre aproveitar os que são jogados pelos aliados. Por exemplo, os Smoke Fields, jogado pelo Engineer e Thief são muito poderosos,  já que causam chance de dar blind a cada projétil que passa. Então é interessante sempre tentar se posicionar de forma que todos membros do grupo tenham proveito. Se estão todos atacando com projéteis, tente colocar o combo field onde todos projéteis passarão. Se necessário explique para o grupo sobre seu combo field para que todos possam tirar proveito.

Boss por fase

Existem casos em que o boss possui fases. Quando chega em x% de HP ele muda de forma, ou utiliza outras skills, etc. Nesse caso existem problemas de não saber o que o monstro pode fazer a cada vez, e isso pode causar um wipe quando o HP do monstro está bem baixo. Para evitar isso alguns jogadores preferem em vez de se agrupar e ir junto, cada vez que um morre, volta para o Way Point e vai para o inimigo, causa o dano que conseguir e morre, até que o boss caia. Porém isso não é o ideal, tente entender o inimigo e pensar qual a melhor forma de se enfrentar ele.

Vamos a um exemplo de um confronto com boss que aconteceu comigo na Dungeon Sorrows Embrace story mode(level 60) que pode dar algumas ideias:

Chegamos no penúltimo boss. Ele sumonava golems a cada fase de seu HP. O primeiro golem matamos tranquilamente. Mas o segundo trouxe problemas.
A party era composta de um Guardian, Necromancer, dois Rangers e um Thief.

Na primeira vez simplesmente tentamos dar dano o suficiente para baixar o HP do Golem. Não aguentamos muito, ele tocava bolas de fogo e não tínhamos intervalo para recarregar energy para o dodge.
Segunda vez tentamos nos separar mais, porém os ataques dele não tem um alvo só, acertava todos.
Após mais algumas tentativas, paramos e pensamos. O Guardian colocou duas skills defensivas que refletiam projéteis. O Thief colocou duas skills em área que causam blind como combo field, os dois Rangers colocaram skills que de cura em área que removem condition.
Ficamos no mesmo lugar, o Guardian colocou o escudo e o Thief os combo fields, com as skills de heal dos ranger intercaladas conseguíamos manter regen e remover conditions permanentemente. Os projéteis do boss eram refletidos, assim conseguíamos ficar no mesmo lugar, fazendo vários combos com os fields que o Necro e o Thief deixaram, incluindo blind, poison, weakness. Quando o escudo do guardian acabava, nos separávamos, se alguem entrava em downed state, um membro curava, e depois nos reuníamos em um lugar só, com a skill de refletir projéteis do Guardian.

Basicamente as dungeons de Guild Wars 2 são bem diferentes dos MMOs tradicionais. Ninguém consegue ficar parado levando dano da maioria dos monstros. Você pode tentar, com a ajuda do grupo a “fazer um tanker”, mantendo weakness no mob e protection no player. Mas pelo que vi até hoje, cada membro do grupo é importante, tem suas próprias responsabilidades e deve estar ciente do que fazer, não querendo só ser DPS.

Algumas dicas:

  • Dependendo do encontro, algum membro da party pode levar Weakness.
  • Dependendo do encontro, algum membro da party pode levar Blind.
  • Dependendo do encontro, algum membro da party pode colocar skills para refletir projéteis.
  • Minions/pets/ilusões podem ajudar a distribuir o dano dos monstros.
  • NÃO fique parado.
  • Identifique a animação dos inimigos para grandes skills e utilize o dodge no momento certo.
  • Saiba quando ressar um aliado de Downed State. Se o inimigo estiver com pouco HP talvez seja menos arriscado matar ele, o aliado ganhará Rally e sairá do DS.
  • Preste atenção no boss. Cada um é diferente, alguns mais fáceis, alguns mais complexos, mas talvez não difíceis, só seja necessário o entendimento da mecânica do boss.
  • Utilize interrupts e knock down para evitar que o inimigo utilize skills.
  • Mate inimigos que utilizam skills em área primeiro. Os que sumonam também são importantes.
  • Dependendo da situação, foque em um alvo com toda party. Segurando Ctrl você consegue determinar um target.
  • UTILIZE COMBO FIELDS. Você pode ganhar diversos benefícios, como dano por conditions, healing, life steal, control.
  • Saiba quando se agrupar e quando se separar.
  • Mesmo que você seja DPS, leve skills de control e/ou buffs para a party.
  • Veja qual a melhor arma para a situação. Armas diferentes dão skills diferentes que podem ser mais úteis que outras. Talvez seja melhor um Warrior com Hammer e skills de control que o mesmo Warrior com Greatsword só para DPS.
  • E por fim pessoal:
  • Não fiquem frustrados se morrerem em uma dungeon, principalmente se for sua primeira vez fazendo ela. Tente entender porque morreu e mude seu estilo de jogo, entenda o inimigo.
  • Vou dizer para vocês, fiz a dungeon Citadel of Flame explorable mode pela primeira vez e levei 2h com um grupo que nunca tinha feito. Agora faço a mesma dungeon no mesmo modo em 15~25 minutos com grupos aleatórios para farmar os pontos e comprar o set. Depois de um tempo você se acostuma, entende os inimigos e vê skills que fazem uma boa sinergia com a party, dependendo dos membros do grupo e da sua build.

Segue um vídeo da dungeon run de CoF explorable mode, escolha 2. Vou começar a postar mais vídeos de Dungeons no nosso youtube.  Lembro que no meu canal de stream tem vários vídeos, inclusive runs de dungeons.

Primeira vez fazendo HotW Story Mode (vejam como não conhecer os encontros faz com que a dungeon demore bem mais):

EmaildiHITTTumblrFacebookOrkutGoogle GmailGoogle ReaderWordPressShare